Josepaulinomoda's Blog

Por Débora Mello e Thamy Hespanha

O que usar nesse inverno? Uma das tendências fortes para o Outono Inverno 2010 são cores frias e opacas, que é a cara do inverno.
O couro também promete retornar com força total na próxima temporada, seja ele em calças, saias ou casacos. Outra característica marcante, serão os ombros marcados e bufantes, que  combinam extremamente com saias de cintura alta de bandagem, deixando a torna a cintura modelada. Estampas estilo gipsy e de animais também ganham forca nas pratelerias.

As botas de cano alto estão com tudo, e os saltos continuam em alta, tendo como modelo preferido os altos e finos, além das tradicionais botas no estilo montaria, que são confortáveis e dão um “up” ao “look” diurno. Não podemos de deixar de citar as atualíssimas unkle boots, que vem com forca neste estação.

Ana Oliveira, estudante de direito declara que é apaixonada pela rua José Paulino, devido aos preços baixíssimos. “Eu paguei R$ 100,00 em uma unkle boot na José Paulino, enquanto que o mesmo modelo no shopping estava mais de R$300,00. Por isso que aqui é o lugar dos preços baixos e com altas tendências de moda.”

Quando se fala nas ruas que vendem roupas com preços populares, a José Paulino, com certeza é a mais procurada, devido aos preços baixos e pela qualidade das roupas.

Lá até mesmo o camelô, pode ser consultor de moda, e talvez entenda mais do que uma vendedora dentro de uma loja. Segundo Francisco Costa, camelô da José Paulino, é preciso estar sempre inovando e principalmente, é necessário estar antenado no mundo da moda. “ Eu trabalho aqui faz 3 anos vendendo roupas e acessórios, e minha clientela é grande porque eu me esforço para produzir aquilo que elas querem. Vivo lendo revistas de moda, é preciso saber qual a nova moda, né?”

Estima-se que cerca de 70 mil pessoas, circulam pela rua José Paulino diariamente, e isso só tende a crescer. A busca por um estilo único e atual é o desejo de toda mulher bem informada. O que comprova o fato de que dinheiro não compra estilo, nem bom gosto. A necessidade faz da informação um  jeito de se manter no meio mercadológico da moda fashion atual. Sem qualquer tipo de discriminação social.

Por Karime Damasceno

Com absoluta certeza a variedade de peças encontradas na José Paulino não ficam nada atrás das vistas em shoppings ou boutiques de alta costura.

Peças super elegantes chamam a atenção de consumidores alucinadas por preços baixos e boa qualidade nas vitrinas da Rua popular mais fashion de São Paulo. Por mera curiosidade realizamos uma pesquisa de preço em torno de uma mesma peça que está muito em alta desde o verão e continua despontando para o outono inverno paulistano; o tecido de bandagem, usado em saias, vestidos e blusas, estea super em alta.

Todas as lojistas sabem qual é o modelo, e o tipo de tecido, afinal é a sensação das mulheres de várias idades e classes. O tecido, é feito de elastano e licra, o que o deixa bem ajustado ao corpo.

De acordo com outra pesquisa, nos shoppings das regiões norte e leste de São Paulo, o valor equivalente ficou em um mínimo de 90 reais para um máximo de 139,90 reais para cada saia deste tecido.

Calculamos uma média minima e máxima de preços das lojas visitadas nos shoppings. Não obstante o mesmo foi feito na Rua José Paulino, fomos em busca da mesma saia para podermos assim comparar os valores.

Não precisamos andar muito para achar a saia em diversas vitrines da rua José Paulino, idênticas as dos shoppings da capital paulista por um preço muito abaixo do confirmado nos shoopings, ao menos nas 6 lojas que entramos o valor era de 50 reais, a variação foi de cinco reais para mais ou para menos entre todas as lojas visitadas.

Portanto não tem jeito, pode ser um pouco mais longe, menos confortável, estressante para estacionar o carro, apesar que o metrô Luz é do lado da rua. Mas encontramos peças de alta qualidade, dentro das tendências da moda por preços muito abaixo do mercado de “luxo”. Não perca tempo e aproveite as promoções que duram o ano inteiro na José Paulino.

Por Viviane Alves de Souza

Algo inquestionável é que nós mulheres sempre “vivemos sem roupa” – mesmo que o nosso armário esteja cheio delas, nós amamos ir às compras.

Se o que anda impedindo você de voltar para casa cheia de sacolas é o saldo bancário (ou a ausência dele), temos boas notícias: com o dinheiro que você compraria duas peças no shopping, você pode adquirir dez na Rua José Paulino, no bairro paulistano Bom Retiro. Lá, os preços são baixos e as roupas têm qualidade servindo para todos os estilos e situações.

Nesta conhecida rua de São Paulo, encontramos modelitos para todas as ocasiões:

Apresentamos, a seguir, um roteiro básico com as melhores lojas para você ficar bem sem gastar muito:

Nesse paraíso das compras, você pode encontrar roupas para usar no dia-a-dia como jeans, camisetas e malha fina nas seguintes lojas:

M. COFFEE: Escondida no segundo andar de um prédio, no número 388 da José Paulino, a M. Coffee tem confecção própria a preço justo – qualquer modelo de calça ou short sai por muito pouco. As roupas são perfeitas para você arrasar de salto ou sair para fazer compras. Fica no número 388

Lamer: O forte da Lamer são as blusas básicas de malha, como regata branca com detalhe bordado nas costas. Tem peças a partir de R$ 19,00. Fica em uma travessa da José Paulino, na Rua Ribeiro de Lima, 687.

LON: Na Lon, você encontra vestidos longos, curtos, blusas, calças incríveis com estampas de bichos e regatas. Tudo em malha. As roupas servem para o dia-a-dia e também ficam sofisticadas com acessórios. Está localizada na Rua Aimorés, 44.

Se a sua aposta inclui roupas para a noite, na José Paulino as lojas de referência são:

ABILASS: paraíso dos Vestidos, tops, calças e shorts coloridos para hipnotizar a todos. Os preços são variados: de R$ 15,00 a R$ 100,00. Está localizada no número 266 da José Paulino.

BEST DRESS: apostando em um pretinho nada básico, traz vestidos, blusas e tomara que caia com brilho transformam essa cor mais que curinga. Localização: Rua José Paulino, 372.

LIMELIGHT: localizada no número 260, na Limelight, dá vontade de levar tudo. Com preços menos modestos, você leva um vestido tomara que caia de paetê colorido por R$ 200,00. As vendedoras garantem que o preço compensa, pois ele transformaria você na mulher mais cobiçada pelos homens de qualquer danceteria.

Mas, as mulheres que adoram vestidos também encontram modelos lindos e exclusivos nas seguintes lojas:

TRIÂNGULO: A Triângulo tem uma das melhores relações custo/benefício da “Joseph Paul” – como é carinhosamente chamada pelos mais íntimos. No verão, a loja fica cheia de vestidos claros e blusas românticas. Todos custam, em média, entre 20 e 80 reais. Está localizada no número 45 da Rua da Graça.

MAYB: A fachada da loja não chama a atenção, mas as peças glamorosas da MayB valem uma boa olhada. As blusas de modelo envelope, os shortinhos sociais e os decotes dos vestidos deixam qualquer um louco para comprar as peças. Esta loja fica no número 350 da José Paulino.

WENAS’S MENA: loja situada na Rua Correia de Melo, 48, é toda decorada com capricho nos entornos da Joseph. Vende a maior parte do estoque só no atacado. Mas, no fim da coleção disponibiliza blusas, shorts e vestidos a preço muito baixo (entre R$ 38,00 e R$ 58,00).

MISS DOROTHY: Localizada no número 350 da José Paulino, essa loja tem suas vitrine lotada de vestidos de R$ 40,00 a R$ 120,00. Delicados e femininos, vão tornar suas tardes de sábado mais leves.

Depois dessas dicas é só dar asas a sua imaginação e bom gosto e sair às compras na José Paulino!!! Divirta-se.

Nessa estação esteja pronta para o mix de estilos e tendências para a época mais fria do ano. O conceito urbano é um dos que prevalece. A moda da cidade, baseado em um ambiente completamente estruturado de asfalto e edifícios, define muito bem como ser urbano na moda. Detalhes minerais (ouro, prata e bronze) e reflexos metálicos são essenciais para um brilho moderno.

Os tecidos são finos e compactos. As sobreposições vêm com tudo, principalmente as mais espessas, acabam por moldar a silhueta. Padrões gráficos têm um visual mais suave e se repetem mais vezes.  Os tecidos de seda e Jersey, foram os preferidos pelos estilistas, devido ao contraste que o tipo do tecido acaba gerando. Cristais, metais e ornamentos envernizados aparecem em quase todos os looks de inverno, desde roupas, sapatos, bolsas e acessórios.

Outra tendência são os volumes empregados em golas, rendas ou babados. Brilhos e tons empoeirados fornecem a base para fortes contrastes superficiais. Casacos de pele e cardigãs leves, semi-transparentes, dão um ar elegante e sensível. O foco são as cores brilhantes. Tons pastéis são usados em veludos suaves. Enquanto que as rendas são colocadas nas peças para dar-lhes um ar mais sensual.

O algodão orgânico e eco-friendly aos poucos estão se tornando os queridinhos das mulheres isso porque a maioria desses algodões são trabalhados no “denin”, gerando um contraste bem bacana com o veludo. Voltam as padronagens escocesa, inglesa e canadense com um jogo de efeitos. Estampas de animais, apesar de ser a cara do verão, também se fazem presentes, porém em cores mais escuras.

Apesar, que a mistura de cores frias e quentes, podem ser apreciadas, quando se trata dos tweeds, que nos últimos desfiles, contrastaram cores multicoloridas. Porém as estampas da vez, são do estilo folk e neohippies.E claro, o couro voltou com tudo, desde mini-saias, até macacões super-extravagantes. Em jaquetas por exemplo, são indispensáveis para qualquer look dessa novo estação.

Welcome to WordPress.com. This is your first post. Edit or delete it and start blogging!


  • Mr WordPress: Hi, this is a comment.To delete a comment, just log in, and view the posts' comments, there you will have the option to edit or delete them.

Categorias

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.